5 de abril de 2011

No dia 5 de abril, os visitantes da Sociedade da Rosa dos Ventos foram à Paróquia de Cristo Rei, na Cidade de Deus, Rio de Janeiro. Ali, foram recebidos por paroquianos locais, que prepararam um almoço quaresmal. Representantes de projetos comunitários ligados à igreja também estavam presentes.

O grupo chegou em tempo de presenciar um desses projetos. Alfazenda e a Ecorede estavam organizando ali na igreja uma conferência sobre ecosustentabilidade e reciclagem. Esse é um tema especialmente importante numa área da cidade que ainda sofre com ruas sujas e lixões a céu aberto. A Igreja de Cristo Rei tem sido pioneira na implementação de práticas verdes na comunidade. Como exemplo, pode-se citar a compostagem, a coleta seletiva e a captação de água da chuva a ser reutilizada em limpeza e jardinagem. Essa última começará dentro em breve, com a troca de todo o telhado.

Depois do almoço, o missionário local, Pe. Nicholas Wheeler, apresentou um pouco da história daquela comunidade de fé na Cidade de Deus e como ela tenta manter suas portas abertas a qualquer pessoa que queira encontrar alívio e descanso em Deus. Também busca, no espírito do carisma católico de presença, parcerias com instituições locais que têm como objetivo transformar as vidas dos residentes locais. Abrindo Portas é uma ONG que promove cursos profissionalizantes. A Agência do Bem ensina música e direitos humanos a mais de 200 crianças na Cidade de Deus. O Projeto Anglicano de Saúde, coordenado pela Diocese do Rio de Janeiro e patrocinado pelo Episcopal Relief and Development, oferece atendimento psicológico e terapia de grupo gratuitos.

Atualmente, o centro comunitário anexo ao templo não provê instalações adequadas para todas essas atividades. A maior parte de sua estrutura é bastante precária, além de inacessível a deficientes físicos. Para marcar a visita, a junta paroquial lançou um apelo para coletar fundos para um novo prédio, que poderá adequadamente hospedar tanto atividades da igreja como parceiros locais. A proposta do apelo (em inglês) pode ser baixada neste link. Um vídeo curto com a tesoureira da paróquia, Sra. Vera Maia, descrevendo a motivação para o projeto, pode ser visto a seguir.

Depois da apresentação, o Bispo Philip Poole deu um presente simbólico à primeira guardiã, Sra. Dora Macedo: um azulejo com a Rosa dos Ventos. O bispo explicou que tais peças são feitas em Jerusalém, próximo ao local da Via Crucis que marca a estação em que Verônica enxuga o rosto de Jesus. O desejo do bispo é que a Paróquia de Cristo Rei continue a enxugar o rosto de Jesus naquela comunidade.

No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name
No name

-

Luiz Coelho

Membro do GT-Comunicação da IEAB

Deixe o seu Comentário